segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Corvo-marinho-de-faces-brancas (Phalacrocorax carbo)
Corvos-marinhos-de-faces-brancas
(no Estuário do Rio Cávado, em Fão)
Curiosidades: Após cada período de pesca, como todos os corvos-marinhos, descansa com as asas abertas ao sol de modo a secar as penas, que não são impermeáveis.
*Foto Voz do Berço

4 comentários:

Movimento 1128 disse...

Guimarães acordou a 5 de Outubro com a verdadeira Bandeira de Portugal hasteada no Palácio de Santa Clara, sede do Município de Guimarães.
99 anos depois, lembramos a Monarquia, o regime deposto por um crime e contra a vontade de um povo. O regime que a “democrática” Constituição da República Portuguesa não permite que seja reinstituído por referendo popular.
Lembramos a nossa História a partir da terra sagrada que viu nascer Portugal e o seu Primeiro Rei.

Veja o vídeo:
http://movimento1128.blogspot.com/ – Um blogue vimaranense por causas nacionais

Pantic disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pantic disse...

Vocês já viram bem quem é a personagem pela qual andam a dar "vivas ao rei"? Pensem bem, vocês querem pôr o D.Duarte "trezentos apelidos" a Rei de Portugal? Para trapalhadas e para os Portugueses manter financeiramente já lá estão muitos. E não venham com exemplos como D. Afonso Henriques, como esse existiram poucos, e já foi há muito tempo. Mas até D. Quixote tinha o seu fiel escudeiro, por isso vocês são livres de se baterem pelos vossos ideais. Estão é a "pregar na praia errada"...
E essa história da bandeira já enjoa... tipo aquelas anedotas que há primeira até tem graça...

Movimento 1128 disse...

Caro Pantic:
Quando há primeira há segunda.