segunda-feira, 15 de março de 2010

Em quem não vou votar

Em qual quadradinho vou votar ainda não sei, mas naquele que não vou já há muito que sei. Essa pessoa que não merece o meu voto é o actual presidente. São várias as razões, das quais explico algumas. Primeiro, o actual presidente parece um autêntico político em campanha eleitoral, na qual o que interessa é agradar o "povo". Parece que só agora é que o senhor presidente se lembra dos associados. Por exemplo, Vasco Santos era uma pessoa de inteira confiança do presidente, de tal modo que só sairia quando o presidente saísse. Mas, em tempo de eleições, foi o primeiro empecilho dispensado por Emílio para tentar calar alguns sócios e ganhar uns votos. Depois, seguiu-se o tão famoso protocolo com o benfica, que o presidente se fartou de dizer que era uma acordo normal entre clubes e que o Vitória tinha outros acordos semelhantes com outros clubes. Mas isto, antes do período eleitoral. Agora, uma das promessas é não renovar o tal protocolo, noutra tentativa para ganhar votos. Outra questão claramente eleitoralista é a questão da organização de deslocações pelo Vitória. Durante estes três anos, foi constante o pedido ao Vitória, pelo menos por parte de uma associação vitoriana, para que o clube organizasse as deslocações dos adeptos vitorianos para acompanhar a equipa, pedido sempre negado pela direcção. Porém, para estes últimos jogos que coincidiram com a campanha, para meu espanto (ou não), esta "competente" direcção já tratou de colocar autocarros à disposição dos adeptos.
Nenhum partido político faria melhor na caça ao voto.
Agora, quanto à equipa principal, Emílio promete reforçar e melhorar a equipa. Meus amigos, como? Se nem dinheiro para manter homens como o Desmarets, por exemplo, temos. Este caso, não sei porquê, faz-me lembrar outro - Ghilas. Lembram-se?
Modalidades amadoras: Como é que o senhor Emílio pode prometer dois pavilhões (nem nas promessas sabe inovar), se nem dinheiro para pagar às modalidades amadoras tem. E que não me venham com tretas que esta direcção venceu títulos nestas modalidades, porque quem está "por dentro" bem sabe que isso é mérito dos jogadores e das respectivas direcções "independentes" das modalidades.
Por último, este senhor não tem índole, arcaboiço, nem boa educação, nem humildade, etc. para ser presidente do Vitória. Relembro apenas a capacidade do presidente para ouvir as críticas dos sócios, que se cinge a insultar os mesmos, como aconteceu, por exemplo, no local destinado ao debate dos problemas da família vitoriana. Quem esteve numa determinada assembleia deve relembrar-se.

9 comentários:

Vimaranes disse...

Sem mais nada a acrescentar. Haja memória.

Realista disse...

Acreditas mesmo que os "As", conseguem fazer melhor ?
Bem há ainda quem acredite que o Pai Natal existe...
Acredito mais em Bruxas..

Voto no MILO,é o melhor dos piores !

Anônimo disse...

Fazer pior que o Milo é difícil... fazer melhor até que nem deve ser...
Só mesmo realistas que acreditam em bruxas é que votam no Milo.

Luis - Urgezes disse...

Eu até gostava de mudar, mas mudar por mudar, não leva a lado nenhum.

Quem vão ser afinal de contas os Homens-fortes da lista A?

è este é aquele vem não vem, o Cirilo larga ou não larga...
enfim começaram mal, muito mal.

Palmira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Palmira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Palmira disse...

Infelizmente, o meu sentido de voto será por exclusão de partes.
Estou farta de ver o Vitória e os Vitorianos a serem mal tratados.
Como ainda não tenho envergadura para concorrer à Presidência, uma vez que, para tal cargo “só” possuo a virtude de ser uma Verdadeira Vitoriana, tenho que me limitar a quem acha que está preparado para assumir tal "cargo".
Já sei do que o Milo é capaz (e do que não é), como trata (mal) os Vitorianos e o Vitória, por isso, na falta de melhor vou voltar no “que resta”: Manuel Pinto Brasil.
Não é bom, muito menos é o ideal... é o que há!

Sérgio Ferreira disse...

Sobre os pavilhões e o seu financiamento estuda o que é o QREN depois sim, conhecerás o modelo de financiamento proposto.
Já sobre as alegadas dividas às modalidades amadoras estuda o modelo de financiamento em vigor no Vitória.
Tens é de estudar melhor os assuntos do Vitória!

Pantic disse...

Ahhhhhh, só agora se fez luz, afinal quando Milo prometeu os pavilhões há 3 anos atrás já era a pensar no próximo mandato... vamos lá ver se o próximo chegará para se fazer essa obra.
Quanto ás dívidas, de alegadas não têm nada, são verdadeiras e confirmadas pela direcção... e nem é preciso estar por dentro do Vitória e estuda-lo para se saber isso...