segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Sem comentários


*Foto Sítio VSC

8 comentários:

Anônimo disse...

O Milo não queria, mas o Jorge Mendes deu duas palmadas nas costas do Milo. Parece que o negócio do Bébé ainda "rende".

luis cirilo disse...

Realmente a foto diz tudo.
Mas o Custódio apenas tratou da sua vida depois de o seu(em todas as acepções) clube o ter dispensado.
Esta direcção não tem perdão!

Pantic disse...

Eu não culpo o jogador, relembro que quando veio para o Vitória era pretendido pelo Braga. E na altura escolheu o Vitória em detrimento do Braga que certamente lhe pagaria melhor. Foi o Vitória que o mandou embora. Agora fico mais descansado, para mandar-mos o Custódio embora deveremos ter uma equipa belíssima e que nos vai dar todas as garantias na Liga, na Taça e na Taça da Liga!

Vitorianismo disse...

no comments..

Paulo César disse...

Totalmente contra esta saída, pese embora o jogador nunca se ter imposto com nenhum treinador. Porquê, não sei.

SicGloriaTransitMundi disse...

Só me apetece usar aquela nossa célebre frase: "Guimarães é má mãe e boa madrasta"...

Zeca Diabo disse...

Custódio passou por quatro (4) treinadores no Vitória. Nenhum apostou no atleta. E vendo bem as coisas, nunca nos conveuceu.
Ganhava um bom ordenado, e pelos vistos, disse que queria sair.
Como já sairam muitos e muitos, noutros tempos.
Francamente, parece-me perfeitamente natural.

O Vitória não acabará...

Mr.Karvalhovsky disse...

Vindo de um vimaranense é incompreensível... Eu nunca o teria feito!

Traidor!